terça-feira, 12 de julho de 2016

Tempo de Festival de Inverno


Festival de Inverno confirma banda Leash em abertura do evento


A organização do Festival de Inverno da UFPR anunciou show da banda Leash para a abertura de sua edição 26 na cidade de Antonina. O espetáculo acontece no Palco Principal do evento no dia 17 de julho às 21h00. 
Confira a programação completa do festival e outras informações clicando aqui.

quarta-feira, 6 de julho de 2016

PARA PREFEITO VOTE EM...?

Se prepare...vai começar.
Faltando pouco menos de um mês para findar o prazo a realização de convenções partidárias (05 ago - Último dia para a realização de convenções destinadas a deliberar sobre coligações e escolher candidatos a prefeito, a vice-prefeito e a vereador (Lei nº 9.504/1997, art. 8º, caput), os pré-candidatos tentam – a todo custo, garantir seus nomes nas convenções municipais.

Entre o desejo em sair candidato e ser indicado pela convenção de seu partido, existe um árduo calvário a ser seguido. Desde pequenas manipulações iniciais para a obtenção das tais siglas “provisórias” partidárias; na composição da comissão (amigos e parentes quase sempre formam maioria); até as tais “benções” dos padrinhos do escalão superior.
Alguns pretendentes ocupantes de cargos comissionados em governos, quase sempre são chamados a desistirem de suas intenções e são obrigados a “engolir” candidaturas de interesse do sistema. Outros, de partidos com pouquíssima representação governamental, muitas vezes até conseguem lançar candidatos sem nenhuma interferência “vinda dos céus”. Mas que não é fácil...Não é. É preciso ter estômago ou banheiro por perto (para vomitar). Mas é o caminho.

Tem pra todos*
Muitos nomes são comentados pela cidade como pretendentes à candidatura majoritária. Este ano, um fator motivador é a aparição de novos concorrentes, pessoas que pela primeira vez se dispõem a encarar este desafio. Entre elas estão: Fabiano do Terminal, Henrique Scarante e a médica Valéria Fernandes.
Também se apresentam políticos mais experientes, com passagem pelo legislativo, tais como os advogados Luiz Hamilton (Pirulito), Marcio Balera e Luiz Polaco (Diretor da APPA). Somam ainda aos que concorreram no último pleito (2012), Jefferson Fonseca e José Paulo Vieira Azim (Zé Paulo). O atual prefeito João Domero, no que tudo indica, deverá tentar sua reeleição. E mais ainda os ex-prefeitos, Canduca e Munira, que pretendem voltar.

As próximas semanas serão cheias de novidades, e muitos pretendentes deverão ter que tomar “rivotril” para dormir, pois suas intenções estarão sendo manipuladas ao bom gosto do sistema. Muitos serão convidados a se retirar. “Por favor...Para o bem de todos...Tchau!”

Na condição de mortal cidadão, totalmente descrente, mas ainda esperançoso aguardo as definições das candidaturas. Pois em pouco mais de 90 dias, estaremos elegendo alguém para administrar a nossa tão desgastada cidade, para os próximos quatro anos. Espero que não consigamos, novamente, eleger o “pior dos úrtimo”. E tenho dito!



* Os citados como pré-candidatos são nomes que circulam nas redes sociais e nos órgãos da imprensa local. Caso tenha mais alguém, cujo nome desconheço por falta de informação ou traição de memória, peço desculpas.

P.S. 2.7.2016 - Data a partir da qual é vedado a qualquer candidato comparecer a inaugurações de obras públicas (Lei nº 9.504/1997, art. 77).
20.7.2016 - Data a partir da qual é permitida a realização de convenções destinadas a deliberar sobre coligações e escolher candidatos a prefeito, a vice-prefeito e a vereador (Lei nº 9.504/1997, art. 8º, caput).
05.08.2016 - Último dia para a realização de convenções destinadas a deliberar sobre coligações e escolher candidatos a prefeito, a vice-prefeito e a vereador (Lei nº 9.504/1997, art. 8º, caput).

Festa da Tainha no Camboa


domingo, 3 de julho de 2016

DIVULGADOS OS VENCEDORES DO CONCURSO QUE PRETENDE REVITALIZAR A PRAÇA FEIRA-MAR

Foram divulgados os projetos ganhadores do Concurso de Ideias de Arquitetura que pretende revitalizar a Praça Feira-Mar (Praça Romildo Gonçalves Pereira), em Antonina, no litoral do estado. A sessão solene para a revelação do resultado foi realizada na noite desta sexta-feira (dia 1º) na Sala João Batista Vilanova Artigas – o auditório da sede do CAU/PR, em Curitiba.
Promovido pela Associação de Defesa do Meio Ambiente de Antonina (ADEMADAN) e viabilizado pelo Edital de Chamada Pública de Apoio Institucional do CAU/PR, o certame recebeu 32 propostas realizadas por arquitetos e urbanistas de diferentes regiões do país – individualmente ou em grupo – com memorial descritivo ou texto explicativo, plantas, croquis e perspectivas do projeto.
A reportagem completa com todas as informações sobre a divulgação do resultado do concurso será publicada neste site a partir desta segunda-feira (04).
Conheça as equipes vencedoras:
1º Lugar - Equipe 16 – Porto Alegre/RS- Autores: Elisa Martins, Bernardo Magalhães, Camila Thiesen, Cássio Sauer e Diogo Valls.Colaboradores: Jefferson Scapinelli e Lucas Zimmer.





2º Lugar - Equipe 05 – Vila Velha/ES - Autores: Luisa Zacche, Camila Paris, Naiara Menezes e Naiene Cardoso.
3º Lugar- Equipe 14 – Curitiba/PR - Autores: Carlos Bianco e Felipe Assumpção.Colaboradora: Francielle Buss. Consultor: Carlos Perna

 

Clique aqui e confira imagens dos projetos ganhadores e também dos destaques e menções honrosas do Concurso de Ideias de Arquitetura.




segunda-feira, 20 de junho de 2016

Aconteceu...Audiência Pública PR-340

AUDIÊNCIA PÚBLICA

Na ultima quinta-feira, 16 junho, participei da Audiência Pública realizada no Theatro Municipal de Antonina, pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP), com o objetivo de apresentar o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e o Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) elaborados para o novo trecho da PR-340. A audiência faz parte do processo de licenciamento ambiental prévio e expõe detalhes do projeto, seus impactos negativos e positivos, bem como as medidas e programas ambientais propostos para evitar ou minimizar os impactos negativos e potencializar os positivos.
Outro objetivo da audiência é sanear dúvidas e coletar sugestões da população. O resultado do evento subsidiará a decisão do IAP quanto ao prosseguimento do licenciamento ambiental.

A BR-340 caso construída, desviará o tráfego de cargas via Porto de Antonina, dos centros urbanos dos municípios de Morretes e Antonina. O novo traçado definido como a melhor opção tem início nas proximidades do km 24 da BR-277 e segue até o complexo portuário de Antonina, somando 10,30 quilômetros de extensão, o que inclui um viaduto sobre a ferrovia que cruza a região e uma ponte sobre o Rio Nhundiaquara, construída com a mais moderna tecnologia numa extensão entre 1500 a 2100 m.

A apresentação dos estudos, foi realizada pelo engenheiro responsável da empresa  contratada Cia.Ambiental, que durante mais de 1,5 ano fez todo o levantamento da região, necessários para a complexidade desta tão importante obra para as nossas cidades.

Após a explanação foi aberto ao público para perguntas, onde algumas duvidam foram sanadas. A previsão de custo soma R$150 milhões, que segundo o representante do DER presente, deverá fazer parte de montante de empréstimo que está sendo negociado pelo Governo do Estado, junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento.

Na real
Não há dúvida quanto à necessidade de uma nova estrada para retirar os veículos pesados das nossas cidades. Mais é bom lembrar que esta estrada já estava prevista no projeto para a construção dos Terminais Portuários da Ponta do Felix, isso em 1996. Na primeira década deste século - não sei precisar o ano - também se tentou aprovar o RIMA para vários traçados, e tudo foi “barrado”, pois nenhum traçado avaliado convenceu o MP, devido os impactos ambientais.
Agora, 2016, aparece mais uma nova proposta, onde todos os estudos anteriores serviram como referencia, surgindo como opção viável ambientalmente.
Importante ressaltar que apenas tivemos a apresentação do RIMA, que irá balizar as licenças ambientais de responsabilidade do IAP. Caso seja aprovado – com parecer do MP, poderá se transformar em projeto, e o projeto em execução.
Bem, isso já será uma outra história.
Boa nota!